Aprenda a cuidar da sua saúde bucal em 10 passos

Cada vez mais as pessoas entendem que cuidar da saúde bucal vai além de apenas cuidar da manutenção de um sorriso bonito e de um hálito agradável. A consciência de que a saúde bucal é importante fez com que os bons hábitos dentários fossem mais procurados.

Para entender como a saúde bucal se tornou tão relevante no dia a dia das pessoas, é preciso ir além da questão estética dos dentes brancos e alinhados ou até da sensação de frescor de um bom hálito.

A boca é uma parte muito importante do organismo, ao cuidar dela todo o corpo ganha benefícios. E quando esse quesito da saúde e do bem-estar é negligenciado, as pessoas vão ter problemas a curto prazo e doenças sérias a longo prazo.

É pela boca que o organismo recebe todos os nutrientes que vão manter o corpo saudável, quando a boca sofre com bactérias o corpo tende a absorvê-las, reduzindo a imunidade e podendo causar infecções variadas além de outras doenças.

Quais os benefícios de cuidar da saúde dental?

Tanto pessoas como animais domésticos como um american bully xl filhote pode ganhar muito mais saúde e qualidade de vida simplesmente adotando um hábito constante de cuidado com a sua saúde bucal.

A boca está diretamente relacionada com a saúde de todo o organismo, doenças e outros problemas nos dentes, língua e na região da boca podem causar impactos negativos em todo o corpo a curto e a longo prazo.

A falta de higiene bucal causa a concentração de bactérias que são ingeridas no decorrer do dia a dia e que podem causar infecções e reduzir de forma drástica a eficiência do sistema imunológico do corpo.

As dores de dente que dificultam a mastigação podem estar relacionadas com problemas estomacais e de ansiedade, essas são apenas algumas das formas como a saúde bucal afeta o corpo humano como um todo.

Além dos benefícios à saúde, o cuidado diário com a saúde dentária é um grande investimento, mantendo o corpo e os dentes saudáveis as pessoas evitam custos maiores em tratamentos e intervenções cirúrgicas caras e dolorosas.

Dicas de como cuidar da saúde mental?

Cuidar da saúde dentária é um hábito razoavelmente simples e afeta diretamente e indiretamente uma grande quantidade de características da saúde do corpo, mesmo assim muitas pessoas ainda não sabem quais são os melhores hábitos para ter esse cuidado.

Ter esse hábito em casa e com tempo de sobra pode até ser fácil, mas muitas pessoas ainda negligenciam pois estão ocupadas com seu trabalho em uma clínica veterinária próximo a mim ou outras preocupações do dia a dia.

Consultar um dentista é essencial para garantir que a saúde dentária esteja em dia, além disso, durante a rotina, é possível adotar algumas medidas de acordo com a necessidade e a indicação desse especialista. Entre as medidas se destacam essas dez:

  1. Prepare a boca para a escovação;
  2. Escolha uma escova de dentes adaptada;
  3. Use uma técnica de escovação apropriada;
  4. Utilize a pasta dentária na quantidade certa;
  5. Saber como usar o fio dental;
  6. Usar escova de dente interdental;
  7. Tenha sempre uma escova por perto;
  8. Não esqueça de escovar a língua;
  9. Faça uso de enxaguante bucal;
  10. Saber a hora de trocar a sua escova.

Esses passos não precisam ser colocados necessariamente todos os dias, até porque mesmo o cuidado em demasia pode causar o desgaste do esmalte e da flora bucal, por esse equilíbrio que a consulta com um especialista é tão indicada.

Prepare a boca para a escovação

Mesmo pessoas que já tem uma rotina mais acertada de escovação ainda podem errar nesse processo, um dos erros mais comuns é focar apenas na escovação. Se recomenda que antes de mais nada se faça um gargarejo com água para realizar uma pré-limpeza.

Escolha uma escova de dentes adaptada

Assim como uma empresa de portaria precisa comprar uniformes adaptados para cada funcionário, quem quer cuidar melhor da sua saúde bucal precisa entender que existe uma escova para cada tipo de dente, gengiva e língua.

Ainda assim, algumas considerações gerais podem ser feitas, quanto mais macias e quanto maior o número de cerdas, melhor vai ser o resultado e a escovação, também é indicado o uso de escovas lisas pois essas tendem a acumular menos bactérias no dia a dia.

Use uma técnica de escovação apropriada

Além de escolher o tipo de escova, é crucial conhecer as técnicas de escovação, muitas pessoas acabam escovando apenas a área mais aparente, mas uma escovação completa é fundamental para garantir um bom hálito e a garantia da saúde.

A recomendação é por realizar movimentos circulares por toda a boca da ponta dos dentes até a gengiva, esse movimento é ideal para retirar qualquer resquício de alimento que estiver sobrando entre os dentes evitando dores e problemas dentários futuros.

Utilize a pasta dentária na quantidade certa

Assim como em uma limpeza de oficina mecânica próxima é mais importante tirar a graxa do ambiente do que o seu perfume ao final, o uso da pasta deve ter esse direcionamento e a quantidade não deve ocupar mais da metade das cerdas da escova de dente.

Depois de escolher a pasta e conhecer a técnica de escovação mais eficiente, é fundamental se atentar a outro detalhe, o uso da pasta. Antes de mais nada, por mais que a refrescância seja levar, esse não é o fator mais relevante e sim a limpeza.

Saber como usar o fio dental

Assim como a terceirização de copa para uma empresa, o fio dentário pode ser uma boa adição para os hábitos diários de saúde e bem-estar, mas o uso desse recurso precisa ser indicado e instruído por um dentista para não causar mais problemas do que benefícios.

Usar escova de dente interdental

Em muitos casos, uma ferramenta mais eficiente que o fio dental é a escova interdental, esta escova tem as cerdas com a curvatura mais adequada para alcançar os menores cantos da boca de forma eficiente.

Tenha sempre uma escova por perto

A melhor forma de levar a escovação como um hábito para toda a vida é mantendo sempre uma escova por perto, a sensação de refrescância é agradável e pode inclusive ajudar a guiar hábitos alimentares, tenha sempre escova e pasta por perto no dia a dia.

Não esqueça de escovar a língua

Por mais que se fale muito em escovar os dentes, a língua, bochechas e gengivas também merecem atenção, qualquer espaço dentro da boca pode acumular bactérias e resto de alimentos depois de um coquetel empresarial então precisam ser escovados.

Faça uso de enxaguante bucal

O enxaguante bucal também merece uma atenção especial, pois além de submeter o seu uso à indicação do dentista de confiança, a sua necessidade pode ser negada a partir do momento que o seu uso gera mais prejuízos que benefícios à saúde bucal.

Saber a hora de trocar a sua escova

Assim como é crucial pensar no carro em que vai fazer aulas de direção categoria D deve-se estar sempre de olho na integridade da escova utilizada no dia a dia.

Sabendo disso, a recomendação é que ela seja trocada a cada seis meses ou quando as cerdas começarem a se desalinhar.

Considerações finais 

Desde a primeira infância as pessoas aprendem uma dica valiosa para a manutenção da sua higiene, saúde e qualidade de vida, esse hábito quando bem ensinado passa a acompanhar a criança até sua aposentadoria em uma empresa de limpeza e portaria.

A saúde bucal, que, muitas vezes, é negligenciada, é um dos fatores que mais afetam a saúde das pessoas e o seu dia a dia, entender a necessidade de escovar os dentes depois de cada refeição e logo ao acordar é um dos passos mais importantes para cuidar de si.

No entanto, a saúde bucal vai muito além de se apropriar de uma rotina de escovação no dia a dia, mesmo que esse hábito seja fundamental para evitar problemas maiores, muitos podem ainda aparecer quando as pessoas não aderem também a outros cuidados.

Entre esses cuidados a mais pode se citar o uso de fio dental, as limpezas mais profundas com o dentista, visitas frequentes para esse profissional e o uso de enxaguante bucal apropriado para a saúde da sua boca.

Mesmo sendo praticamente essencial, cerca de metade da população indica por pesquisas que não deem os cuidados essenciais com a saúde da sua boca, isso pode ser a origem e um agravante de uma gama extensa de doenças de menor e maior agressividade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.