Aprenda agora como manter a sua saúde bucal em dia?

Cuidar da saúde bucal é tão importante quanto cuidar de todas as outras partes do corpo e da mente. Muitos problemas de saúde podem começar pela falta de cuidados com os dentes, desde os mais simples até os mais complexos.

Ter uma boa escovação, usar o fio dental e visitar o dentista não são ações que visam a beleza dos dentes, mas também cuidados essenciais para que eles estejam sempre saudáveis e cumpram sua função.

A arcada dentária serve para mastigar os alimentos, pois se eles não forem bem triturados, podem causar diversos problemas no sistema digestório. Pessoas que não mastigam direito a comida têm problemas para fazer a digestão.

Todas as partes do corpo humano são interligadas e uma depende da outra para que tudo funcione bem. Prejudicar o sistema digestório pode trazer muitos outros problemas, como as doenças intestinais.

Se o intestino não funciona bem, então todos os nutrientes que o organismo precisa deixam de ser processados. Além do mais, ter uma boca saudável é fundamental para a autoestima e a autoconfiança.

Para entender um pouco mais sobre o assunto, este artigo vai mostrar a importância de manter a saúde bucal em dia e dar algumas dicas para cuidar dos dentes.

Importância da saúde bucal em dia

A saúde bucal influencia na saúde geral e isso acontece porque a boca possui funções muito importantes que estão relacionadas ao organismo.

É por meio dela que as pessoas mastigam os alimentos, falam, respiram, além do fato de estar em contato direto com o ambiente. Nesse contexto, a boca é porta de entrada para bactérias, vírus e outros microrganismos.

É muito comum ver exame admissional mais próximo que analisa a saúde bucal dos recém-contratados porque os profissionais da saúde sabem que existem diversos fungos e bactérias que habitam a boca.

Quando eles se proliferam, podem atingir a corrente sanguínea e provocar várias complicações, como a endocardite, uma infecção que atinge o revestimento interno do coração.

A placa bacteriana, por sua vez, provoca a inflamação e a retração da gengiva, expondo a raiz do dente que fica mais sensível a outras infecções. A falta de higiene também pode levar o paciente a desenvolver uma pneumonia.

Mudanças na aparência da arcada dentária indicam problemas com bulimia ou anorexia, assim como as lesões bucais costumam ser os primeiros sinais da AIDS.

Pessoas que apresentam problemas constantes com afta podem estar desenvolvendo doença celíaca ou doença de Crohn. As perdas ósseas, por sua vez, são sinal de osteoporose na arcada.

Sem falar no fato de que componentes nocivos como drogas, nicotina, álcool e outras toxinas do meio ambiente podem ser detectados na saliva.

Hoje em dia, as pessoas procuram microfisioterapia para ansiedade porque sabem da importância de cuidar da saúde mental. Da mesma forma, é cada vez mais comum encontrar pessoas que querem uma rotina saudável para cuidar do corpo.

Elas se atentam à qualidade da alimentação e fazem exercícios físicos para evitar doenças, manter o peso e ter uma vida mais ativa. Só que a saúde bucal precisa estar entre os cuidados com o corpo.

É necessário usar o fio dental depois das refeições e escovar os dentes também, além de procurar o dentista para fazer uma limpeza e verificar se está tudo certo.

Cuidar bem dos dentes evita condições como cáries, dores, gengivite, enfraquecimento dentário e outras situações que prejudicam a saúde da dentição e provocam mau hálito.

Os dentes precisam ser fortes e saudáveis para a mastigação, um processo fundamental para uma boa digestão.

Cuidar da boca é uma forma de cuidar de todo o organismo, além de ser uma forma econômica, simples e correta de prevenir doenças mais graves.

Dicas para cuidar da saúde bucal

Assim como os serviços de jardinagem e paisagismo oferecem todo o cuidado necessário para esse espaço da casa, as pessoas precisam cuidar de sua saúde bucal.

Ir ao dentista para fazer uma limpeza no consultório é importante, mas não é o suficiente se, no dia a dia, o indivíduo não cuida como deveria de todas as partes da boca, como:

  • Dentes;
  • Gengiva;
  • Língua;
  • Bochecha.

Mas como visto no tópico anterior, esses cuidados são indispensáveis para a saúde dos dentes e do organismo, além do mais, dentes bonitos e saudáveis melhoram a autoestima.

Ter boa autoestima é fundamental para realizar as atividades do dia a dia com mais confiança, em todos os setores da vida. Sem mais delongas, alguns cuidados fundamentais são:

Escovar os dentes após as refeições

Escovar os dentes pelo menos 3 vezes ao dia é fundamental para evitar a proliferação de bactérias na boca.

E quando isso acontece, a gengiva começa a ser prejudicada e várias doenças surgem, como cárie, tártaro e outras infecções que entram na corrente sanguínea e prejudicam o organismo.

Um cuidador de deficiente mental também precisa se certificar de que seu paciente está com os cuidados bucais em ordem. Isso porque os dentistas recomendam escovação 3 vezes ao dia.

Ao fazer isso, os dentes estarão sempre livres de placas bacterianas, tártaro e outros problemas que prejudicam a saúde e a aparência dos dentes.

Ter uma alimentação saudável

A qualidade dos alimentos também é determinante na saúde bucal. O cardápio deve ser rico em vitaminas e minerais, como frutas, legumes e verduras, além de evitar excesso de açúcar e fritura.

Bebidas alcoólicas e tabagismo em excesso são extremamente prejudiciais para a saúde bucal, o ideal é não fumar e não beber, mas no caso de pessoas que possuem esses hábitos, o recomendado é moderá-los ao máximo.

Até mesmo os animais precisam de atenção quando o assunto é saúde bucal, por isso tanto um pet shop próximo quanto diversas clínicas veterinárias já contam com odontologia para os pets.

No que diz respeito aos seres humanos, vale a pena procurar um nutricionista para conversar sobre uma dieta que vai proteger os dentes e o restante do organismo.

Antes de dormir, escovar os dentes

Durante o sono, a produção de saliva diminui muito, deixando a boca mais propensa a produzir bactérias. É necessário escovar bem os dentes e eliminar restos de alimentos antes de ir para a cama.

Deixar de escovar os dentes depois do almoço é muito menos prejudicial do que dormir sem a devida higienização, portanto, é necessário estar atento a esse momento do dia.

Visitar o dentista frequentemente

Visitar o dentista regularmente é crucial para obter o diagnóstico correto em relação a qualquer problema que possa estar acontecendo.

Existem profissionais que prestam assistência ao domicílio para pacientes debilitados, e isso é fundamental para tratar doenças em fase inicial, aumentando a eficácia do tratamento.

Pessoas com dentes saudáveis devem visitar o dentista a cada 6 meses para que ele possa fazer uma análise da situação e proceder com os tratamentos, caso sejam necessários.

Escolher bons produtos

É fundamental usar uma escova de dentes com cerdas macias porque elas limpam melhor os dentes e a gengiva, sem causar traumas ou desgastes.

Escovas de cerdas muito duras podem remover o esmalte e deixam os dentes desprotegidos, com isso, ficam mais sujeitos ao surgimento de doenças.

Assim como é importante saber escolher a escova, também é fundamental escolher pastas de dente com flúor e antissépticos, pois evitam o aparecimento de cáries, problemas periodontais e tártaro.

Uma empresa de motoboy deve orientar seus colaboradores em relação a esses cuidados porque eles reduzem a quantidade de bactérias nocivas para a boca.

Trocar a escova de dentes

A escova de dentes não pode ser utilizada por muito tempo, na verdade, o prazo de troca é a cada 3 meses.

Se isso não for feito, a higiene pode ser prejudicada e a própria escova se torna uma concentração enorme de bactérias.

Escovar a língua

As bactérias se acumulam na língua junto com os resíduos de alimentos, algo que costuma provocar mau hálito e infecções.

Usar a escova de dentes é o suficiente para fazer essa limpeza, mas existem limpadores de língua que conseguem alcançar partes mais difíceis e removem aquela película esbranquiçada aparente.

Considerações finais

Todas as pessoas, desde um profissional especializado em curso de coach até crianças de colo precisam cuidar da saúde bucal.

Os dentes, quando danificados, perdem sua funcionalidade e com isso vários outros problemas começam a aparecer.

Uma pessoa que não tem higiene e saúde bucal começa a ter várias dificuldades no que diz respeito ao próprio organismo e às tarefas que precisa realizar no dia a dia.

Dentes mal cuidados são uma porta aberta para bactérias e vírus, além de prejudicarem a aparência de qualquer um. A boa notícia é que ter saúde bucal não é difícil e ainda traz muitos benefícios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.