Passo a passo para a contratação de uma pessoa cuidadora de idosos

Dicas práticas que vão ajudar você a encontrar o profissional certo para cuidar de idosos 

Poucas pessoas pensam sobre uma necessidade futura de contratação de profissionais como os cuidadores de idosos. Tão importante quanto pensar no bem-estar e na segurança do idoso, com o uso de câmeras de segurança, é considerar a busca por profissionais qualificados para exercer a atividade.

Com uma população que envelhece cada vez mais, essa profissão tem demandando contratações em todo o país. Pensando nisso, selecionamos um passo a passo com algumas dicas importantes que precisam ser consideradas antes da contratação. 

Conheça as necessidades do idoso

Um dos erros mais comuns de quem está contratando cuidadores é começar a busca imediatamente anunciando a vaga. Diferentemente do que se acredita, o primeiro passo deve ser entender as necessidades do idoso.

Os cuidadores de idosos exercem inúmeras atividades, porém, o nível de autonomia do idoso pode variar muito, e isso precisa ser considerado na contratação. Aqui, a dica é que você avalie criteriosamente todas as necessidades do idoso, leve em consideração a personalidade dele, a rotina, os interesses e as características que devam ser mencionadas ao candidato à vaga.

Dessa forma, você consegue reunir informações importantes que vão servir como uma base para encontrar o profissional mais adequado às necessidades do idoso. 

Anuncie a vaga de cuidador

Depois de saber claramente quais são as necessidades, é chegado o momento de anunciar a vaga. Você pode utilizar anúncios no jornal da cidade, em sites de recrutamento, redes sociais e até afixar um pequeno cartaz com a vaga em locais estratégicos, como murais públicos em hospitais. 

No anúncio, faça uma descrição breve da vaga e os requisitos básicos do profissional que você procura. Ao final do anúncio, informe os dados para contato, que podem ser e-mail e telefone. 

Analise os currículos

É importante que você peça aos candidatos para que eles enviem os currículos. Esse documento trará informações básicas de identificação e experiência profissional do candidato. 

Faça uma entrevista presencial

Depois de selecionar os currículos que mais se encaixam nas necessidades da vaga, o próximo passo é realizar uma entrevista pessoal. Nessa entrevista, você terá oportunidade de conhecer melhor o candidato, entender como é a rotina dessa pessoa, os interesses, a experiência e a adequação às demandas de trabalho.

Também é nesse momento que você pode apresentar ao candidato o idoso, eles podem se conhecer e conversar. Sempre que for viável, é interessante realizar esse contato prévio entre o idoso e o candidato a cuidador, pois permite que eles se conheçam e, ambos, avaliem se existe uma sinergia que possibilite a execução do trabalho.

Se o idoso não gostar do candidato à vaga ou o candidato não gostar do idoso, não adianta seguir adiante com o processo seletivo daquele cuidador. 

Solicite referências

Por fim, depois da entrevista, se você tiver gostado muito do candidato e acreditar que ele pode ser a escolha perfeita para o trabalho, é indispensável solicitar a ele referências de contratantes anteriores.

Peça o nome completo e o telefone e e-mail de pessoas com as quais ele trabalhou. Entre em contato com essas pessoas se identificando e peça referências do profissional, pergunte como ele trabalha, se o contratante teve algum problema durante o contrato e o motivo do encerramento das atividades.

Quanto mais tempo e atenção você dedicar ao processo seletivo, maiores serão as chances de acertar na escolha do cuidador de idosos. Por isso, dedique-se à análise dos currículos e entreviste os candidatos com calma. Seguindo essas dicas, certamente você encontrará um profissional habilidoso e capacitado para exercer a função.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.